Buscar
  • VetChi

Boris - Paralisia Idiopática do Nervo Trigêmeo e Acupuntura

O nervo trigêmeo recebe esse nome por apresentar três ramificações: oftálmico, maxilar e mandibular. O ramo oftálmico é sensorial para o canto medial do olho e para a pele circundante. O ramo maxilar fornece inervação sensorial para a área maxilar e canto lateral do olho. O ramo mandibular fornece inervação sensorial para a área mandibular e inervação motora para os músculos da mastigação.

A apresentação da paralisia do nervo trigêmeo geralmente é aguda e o animal torna-se subitamente incapaz de fechar a boca de forma voluntária. O fechamento passivo é realizado sem dificuldade, mas ao deixar a mandíbula livre esta se abre novamente.

Sintomas: – Início agudo de queixo caído – Incapacidade de fechar a boca – Animal babando – Apreensão dos alimentos dificultada ou impossibilitada – Deglutição normal

O Boris chegou ao atendimento exatamente com esse relato feito por seus tutores. Avaliado pela Neurologista, foi encaminhado para Acupuntura e Fisioterapia conosco. Na literatura é relatada que a melhora costuma ocorrer em algumas semanas. Mas com a associação de Acupuntura e Fisioterapia, o Boris já apresentava 80% de melhora na primeira semana, e já conseguia apreender o alimento, e ter melhor capacidade de fechar a boca. Foi um incrível trabalho em equipe, com grande apoio e dedicação de seus tutores. O resultado foi maravilhoso!

Dra. Ana Beatriz Hassan - Veterinária Holística


Referencias: NeuroBicho - https://neurobicho.wordpress.com/2015/08/09/paralisia-idiopatica-do-nervo-trigemeo/

99 visualizações

Entre em contato

(21) 98723-1700  

vetchi.bia@gmail.com

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Na Rede